Bem vindos

O crescimento da Associação Orquidófila Piracicabana - ORQUIPIRA foi a mola propulsora para a criação deste canal de comunicação, já que realizamos inúmeras atividades e nem sempre a divulgação dos eventos era feita de modo adequado. Utilize este espaço para sugerir, opinar, criticar, divulgar eventos relacionados a orquidofilia. Queremos fazer deste blog uma ferramenta importante para cada aficcionado pelas orquídeas.

Saudações orquidófilas

Robinson Viegas dos Reis
Presidente da ORQUIPIRA

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Maior orquídea do mundo floresce em Brasília

A espécie Grammatophyllum speciosum, natural da Malásia, Indonésia, Nova Guiná e Filipinas é considerada a maior orquídea do mundo, não pelo tamanho em altura, mas principalmente pelo peso gigantesco que suas touceiras podem atingir. Em 1851 em uma Exposição no Palácio de Cristal de Londres foi exibido um exemplar com aproximadamente 2 toneladas.
O exemplar que floresceu pela primeira vez no Orquidário Nacional do IBAMA em Brasília no dia 01/02/11 ainda é jovem, mas já está com 2,5 metros de altura, com 19 hastes florais de até 3 metros, totalizando mais de 400 flores. A planta foi presente do colecionador pernambucano Odilon Cunha há 5 anos. 
A equipe do Ibama aproveitou a floração para realizar um cruzamento entre o Grammatophyllum e o Cyrtopodium brandonianum, em busca de um novo híbrido. Vamos aguardar para ver o resultado.
Planta florida do IBAMA
Imagem de uma outra planta de grande porte

3 comentários:

Christian disse...

Ate que eu gostaria de te uma planta desta no meu jardim, o único problema e que ela vai me expulsar de casa pelo tamanho.

Antônio S.C. disse...

Falam que ela é original de outros países, mas eu acho que no Brasil tem muito dela, não pesquisaram direito no Brasil, pois sou viajante e um amante de orquideas, no Vale do Ribeira, é comum vermos está espécie em muitas árvores de porte grande, até já fotografei, de tanto que achei ela linda. A floração dela é magnifica.

Robinson Viegas dos Reis disse...

Antonio
Caso seja possível, gostaria muito de ver a foto desta planta que voce fez no Vale do Ribeira. Se voce permitir, envie a foto para mim em orquipira@gmail.com e eu divulgo no blog com os devidos créditos a voce.